Colaboradores

Matheus L. Puppe Magalhães:

– É doutorando na Faculdade de Direito da Universidade Johann Wolfgang Goethe de Frankfurt. No âmbito da investigação, busca entender o compliance jurídico e sua correlação ao combate e prevenção da corrupção sob uma abordagem jurídico-económica;
 – É mestre em Direito com enfoque em Teoria Jurídica, Direito Internacional e Compliance pela Universidade Johann Wolfgang Goethe de Frankfurt;
– Possui especialização em arbitragem pela Universidade Johann Wolfgang Goethe de Frankfurt;
– É advogado nas áreas de Direito Empresarial, Direito Internacional, Contratual e Societário, Direito Farmacêutico, Arbitragem e Compliance.


Ana Walêska Araújo:
 É mestranda na Faculdade de NOVA School of Law, onde realiza pesquisa na área de Data Compliance;
– É licenciada em Direito pela Universidade Estácio;
– É licenciada em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Alagoas;
– É Pós-Graduada em Ciências da Computação pela Universidade de Campinas;
– É membro do Compliance Women Committee (CWC);
– Atuou como Analista de Contratos no setor público, Mediadora Judicial certificada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), assim como acumula vasta experiência em diversos projetos na área de tecnologia;
– Atua como consultora em Governança e Privacidade de Dados.


Vanessa Morato:
– É mestre em Direito e Gestão na Faculdade de Direito da NOVA School of Law em período de investigação na Université Paris 1 Panthéon Sorbonne;
– É Pós-Graduada em Direito dos Contratos pelo Centro de Estudos em Direito e Negócios – CEDIN;
– É Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG);
– É também bacharel em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG);
– É advogada no Brasil com experiência em departamento jurídico de empresa, na área de fiscalidade e societário.


Carolina Inverno Branco:
– É licenciada e mestre pela NOVA School of Law, na área de Forense e Arbitragem, com uma dissertação na área de Compliance e Direito Processual Penal com o título “As investigações internas no âmbito do criminal compliance: legitimidade e alcance”.
– Integra a PLMJ Advogados como advogada-estagiária tendo passado pelas áreas de Resolução de Litígios e Arbitragem, bem como Corporate, M&A e Private Equity.

.


Gabriella Cabral
– É Mestranda em Direito e Segurança na NOVA School of Law (no âmbito da sua investigação estuda Auditoria, Compliance e Proteção de Dados, sob as perspetiva dos conflitos entre as Leis Anticorrupção e o RGPD);
– É Pós-graduada em Segurança Interna pela NOVA School of Law;
– É licenciada em Direito pela Universidade Cândido Mendes (UCAM);
– É advogada no Brasil (OAB/RJ);
– Possui formação de extensão no curso de Proteção de Dados Pessoais (FDNL).


Luís Fonseca:
– É colaborador do Nova Compliance Lab, 
– É Mestre em Auditoria;
– É Pós Graduado em Gestão e Direção de Segurança;
– Frequenta a Pós Graduação em Direito da Proteção da Dados;
– É Licenciado em Gestão de Empresas;
– Fez o Programa de Gestão de Informação e e-business;
– Tem vários artigos e comunicações publicados, assim como efetuou apresentações em Congressos nacionais e internacionais; – É orador convidado e formador em vários cursos de RGPD e de temas associados ao Compliance;
– É Data Protection Officer e Coordenador de Segurança Económica em uma empresa multinacional do setor do retalho;
– Anteriormente foi auditor interno e gestor de riscos na mesma empresa.


Fabiana Maranhão Ribeiro:
– É mestranda na NOVA School of Law, onde realiza pesquisa na área de Direito Social e da Inovação;
– É licenciada em Direito pela Universidade Cândido Mendes (RJ);
– É pós-graduada em Direito Processual Civil pela Universidade Paulista;
– Integra o departamento jurídico da Gestão de Pessoas da Seção Judiciária do Estado do Rio de Janeiro;
– Possui experiência na realização de projetos culturais e ambientais ligados à responsabilidade social de grandes empresas.


Maria Salema:
– É Licenciada em Direito (2002) pela NOVA School of Law;
– Fez o seu LL.M. na Harvard Law School (2006);
– Iniciou a sua carreira, em Lisboa, no escritório de advocacia Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados tendo posteriormente trabalhado em Nova Iorque, no escritório Chadbourne & Parke LLP, na área de prática da América Latina, no escritório inglês Linklaters e no escritório Pinheiro Neto, em São Paulo, Brasil;
– Trabalhou na Secretaria de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, em Portugal, e na Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque;
– É advogada em Portugal, em Nova Iorque e no Brasil, tendo-se especializado na área do Compliance corporativo nos últimos cinco anos da sua carreira;
– Atualmente é Senior Legal Counsel & Compliance Associate Director LATAM na multinacional americana de dispositivos médicos Zimmer Biomet.


Maria Inês Mendes:
– É licenciada em Direito pela NOVA School of Law (Lisboa, 2011);
– É Mestre em Corporate Finance Law pela University of Westminster (Londres, 2016);
– É advogada nas áreas de Compliance, Privacidade, Direito Societário e Contratual;
– É especialista em Ética e Compliance pela Society of Corporate Compliance and Ethics (SCCE);
– Tem experiência profissional na implementação de programas de compliance em empresas portuguesas, sendo responsável, entre outros, pelo desenvolvimento de formações aos colaboradores e pela elaboração de políticas e procedimentos internos de compliance.


Patrícia Batista Santos:
– É mestre em Direito e Gestão na especialidade de Proteção de Dados Pessoais pela NOVA School of Law;
– É licenciada em Gestão de Recursos Humanos pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa;
– É membro do Observatório da Proteção de Dados Pessoais (projeto criado no âmbito do CEDIS/FDUNL), onde investiga temas relacionados com a Proteção de Dados Pessoais no Contexto Laboral;
– Atualmente é Técnica de Proteção de Dados na AdvanceCare.


Lorena Moraes:
– É mestranda na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde realiza pesquisa nas áreas de Arbitragem Internacional, Contratos Internacionais e Data Protection;
– É licenciada em Direito pelo Centro Universitário Ruy Barbosa;
– É autora de artigo publicado no livro Transdisciplinaridade no Direito: Coleção Família, Interfaces e Conexões;
– É membro do Young ITA Member – Institute for Transnational Arbitration e Membro-Fundador do Núcleo Bahia do Comitê de Jovens Arbitralistas da Câmara de Mediação de Arbitragem – CBMA/RJ;
– No Brasil, atuou como advogada, com experiência em relações de consumo;
– Em Portugal, possui experiência com Fintech e Startups Digitais, no qual atuou com contratos eletrônicos, Regulamento Geral de Proteção de Dados Europeu e Compliance; e como Legal Advisor em um banco multinacional, atuando com Contratos. 


Joana Freitas:
– É mestre em Direito Internacional Criminal pela Universidade de Leiden;
– É pós-graduada nas áreas de Direito Penal Económico e de Compliance bancário, financeiro e corporativo, respetivamente pelas Universidades de Coimbra e Lisboa;
– Obteve recentemente o Diploma Internacional em Prevenção de Crime Financeiro da International Compliance Association;
– É advogada e especialista em Ética e Compliance corporativo;
– Tem experiência na implementação e revisão de programas de Compliance, políticas e procedimentos complementares, whistleblowing, condução de due diligences a terceiros e demais medidas de prevenção de crime financeiro, nomeadamente corrupção e branqueamento de capitais.

.


Rodrigo Mota Jorge:
– É mestrando em Direito Forense e Arbitragem da NOVA School of Law, para onde foi aprovado em primeiro lugar e com bolsa de estudos por mérito;
– Licenciado em direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro;
– Atuou como Advogado Associado em sociedade boutique com forte atuação civil e empresarial;
– Exerceu estágios académicos em áreas jurídicas e de corporate governance em empresas de petróleo, assim como no núcleo de combate à corrupção do Ministério Público;
– Em 2020, integrou a dupla vencedora do “NOVA Internal Moot Courts 2020” promovida pela NOVA School of Law com base na 27th Annual Willem C. Vis International Commercial Arbitration Moot (Vienna/2020);
– Atualmente é Compliance Officer KYC/Due Diligence do BNP Paribas CIB em Lisboa.


André Alfar Rodrigues:
– É licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa;
– Detém uma Pós-Graduação Avançada em Direito das Sociedades Comerciais (Foundations of Corporate Law & Deals, Markets and Litigation) pelo Centro de Investigação de Direito Privado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa;
– É Mestre em Direito Empresarial pela Universidade Católica Portuguesa, Escola de Lisboa;
– É doutorando em Direito pela NOVA School of Law;
– Foi Conselheiro Pedagógico da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e Coordenador do Gabinete de Erasmus e Relações Internacionais da Associação Académica da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa;
– É Advogado inscrito no Conselho Regional de Lisboa;
– Atualmente exerce funções de Legal Advisor & Compliance Officer numa Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário;- É membro do NOVA Consumer Lab.


Angela Neves:
– É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ (Brasil, 2010), em Administração de Empresas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (Brasil, 2009) e em Contabilidade pela Trevisan Escola de Negócios (Brasil, 2014);
– É pós-graduada em Controlos Internos e Compliance pela Trevisan Escola de Negócios (Brasil, 2019);
– É certificada internacionalmente pela Society of Corporate Compliance and Ethics – SCCE;
– Atualmente atua como Compliance Officer com enfoque em temas de Anti-Bribery & Corruption e Anti-Money Laundering, e possui experiência em projetos de diagnóstico e implementação de Programas de Compliance em diversos mercados;
– Recentemente teve a oportunidade de participar auxiliando a coordenação da monitoria externa independente do DoJ enquanto colaboradora em uma empresa alvo de investigação.
–  É co-coordenadora em Portugal do Compliance Women Committee (CWC).


João Dono;

– Doutorando em Direito na NOVA School of Law e, também, Mestrando
em Direito Forense e Arbitragem na mesma Faculdade;
– Licenciado em Direito (2003) pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa e pós-graduado em Direito Privado pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portugues;
– Iniciou a sua carreira, em Lisboa, na sociedade de advogados Miranda & Associados, tendo posteriormente exercício a advocacia, em Cabo Verde, no escritório JD Advogados, representando investidores estrangeiros e muitas das empresas de maior dimensão em Cabo Verde;
– Foi Professor em várias Instituições, públicas e privadas, de ensino superior em Cabo Verde e Angola, tendo ocupado por vários anos cargos de Direcção em Angola. Tem obra publicada na área do direito privado;
– É advogado em Cabo Verde, Consultor e Chief Compliance officer em Angola.


André Ferreira de Oliveira:
– Doutorando e Mestre em Ciências Jurídico-Criminais na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra;
– Bolseiro de Investigação (Doutoramento) da Fundação para a Ciência e a Tecnologia 2017-presente);
– Cursos de Aperfeiçoamento em Compliance e Pós-Graduação em Compliance.



Nuno M. Guita:
– É licenciado em Relações Internacionais e MSc. Sec. & Risk Management, pela Leicester University;
– Consultor de Corporate Compliance, forensic services e gestão de risco de fraude, atende clientes de vários países principalmente da Europa continental e especialmente em projetos internacionais;
– Além da Consultoria de Conformidade, Nuno Guita presta serviços adicionais como investigações corporativas, gestão antifraude e investigação eletrónica;
– É docente no IFB (Instituto de Formação Bancária) no curso avançado de Compliance;
– É membro do IPCG (Instituto Português de Corporate Governance);
– É sócio do OBEGEF (Observatório de Economia e Gestão de Fraude).



Yasmin Waetge:
– É mestranda em Direito Social e Inovação na Faculdade de Direito da NOVA School of Law, tendo realizado período de investigação na Université Paris 1 Panthéon
Sorbonne;
– É licenciada em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ);
– É Pós-Graduada em Teoria e Prática de Contencioso Administrativo e Contencioso Tributário pelo Instituto de Ciências Jurídico-Políticas (ICJP- ULISBOA);
– É advogada no Brasil com experiência em departamento jurídico de empresa, na área de contencioso cível, tributário e M&A. Além de ter experiência em diferentes tribunais
federais;
– Em França, realizou estágio no Consulado de Portugal em Paris, com experiência no departamento jurídico e associativo;
– Em Portugal, atualmente exerce funções relacionadas ao Compliance e Management of Risks, em um banco multinacional;
– É também pesquisadora do NOVA Consumer Lab.


Laura Santos:
 É mestranda em Direito e Gestão nas Faculdades Nova School of Bussiness e NOVA School of Law.
– É licenciada em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais/Brasil;
– Possui especialização em Compliance Officer finalizado no Instituto IBS BUSSINES SCHOOL;
– Atuou como Advogada Trabalhista no Banco Mercantil do Brasil S.A, prestando serviços de advocacia consultiva e contenciosa na área trabalhista, com confecção de peças, inclusive recurso de revista e extraordinário, realização de audiências e sustentação oral perante o Tribunal Regional do Trabalho, controle dos processos e prazos, participação de reuniões com clientes (empresas), entre outras funções relativas ao exercício da advocacia trabalhista. 


Júlio Manuel Castro, inspetor ou auditor do Estado em exercício de funções há quase 30 anos, nas áreas financeira, jurídica e controlo interno da Administração Pública e Entidades Privadas e também exerceu funções na área patrimonial durante 3 anos. Licenciado em Organização e Gestão de Empresas no Instituto Superior de Novas Profissões. Atualmente exerce funções no Instituto de Proteção e Assistência na Doença (ADSE, I.P) no Departamento de Planeamento Controlo e Auditoria. Tem experiência profissional nas áreas: Financeira, Contabilística e Orçamental; Sistemas de Controlo Interno; Manuais de Procedimento e Regulamentos; Auditoria Informática; Relações Contratuais entre o Estado e terceiros; Contratação Pública; Recursos Humanos; Fiscalidade (nomeadamente relacionado com os Impostos alfandegários); Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas; Processos Administrativos e de contra-ordenação; Relatórios de Auditoria e/ou de Inspeção; Análise de Subsídios e de Projetos de co-financiamento; Procedimentos Administrativos; Impostos aduaneiros da União Europeia. Tem interesse e experiência na área da auditoria financeiro-juridica, sistemas de controlo interno, plano de gestão de riscos de corrupção e infrações conexas e demais instrumentos legais de combate à corrupção.